Apresentação da HDS – Hotel Digital Strategy na Revista Hotelaria Publituris

09/25/2015

“Temos uma oferta totalmente integrada”

A Hotel Digital Strategy é uma agência de marketing digital direccionada para o sector hoteleiro. Olivier Soares, regional manager, explica que o que distingue a empresa no mercado é o facto de disponibilizar uma oferta totalmente integrada.

Olivier HDS

A HOTEL DIGITAL STRATEGY (HDS), agência de marketing digital direccionada para o sector hoteleiro, opera em Portugal desde 2004 e conta já com cerca de 20 clientes neste sector. Olivier Soares, regional manager da HDS, começa por explicar o que distingue a empresa no mercado: “Temos uma oferta totalmente integrada, que engloba desde campanhas em AddWords, gestão de redes sociais, CRM, SEO, SEM, desenvolvimento de websites, toda a panóplia de competências necessárias” para este sector. O responsável destaca ainda que “há muita gente a fazer excelentes sites, gestão de redes sociais, mas uma agência que faça tudo é raro, porque o sector hoteleiro é difícil.”

A empresa, que conta com cerca de 30 pessoas na equipa, especializadas em diversas áreas, dispõe já de “um portefólio de clientes muito interessante, em quantidade e qualidade, o que nos permite suportar esta operação”, diz Olivier Soares. Já no que aos clientes diz respeito, o objectivo da agência é claro: aumentar as vendas directas dos hotéis. Para o regional manager da HDS, “o marketing digital não é só sexy, é para ter resultado. Esta é uma forma de partilharmos não o risco, porque eu não acredito que aqui haja muito risco, mas partilharmos os aproveitamentos deste trabalho” com os clientes. Para atingir estes objectivos, indica o responsável, “não arrancamos nenhum projecto sem passar um mês, mês e meio com o cliente, a difenir todo o plano de marketing estratégico. (…) Definimos muito bem o que vamos fazer, dependendo essencialmente dos hotel ou do grupo, portanto é uma abordagem muito à medida.”

2014 foi o ano mais importante para a empresa, “O que realmente nos permitiu definir esta nova marca e partirmos para o mercado de Lisboa e Porto com um portefólio extremamente credível. Tivemos clientes que começaram connosco, por exemplo há uns dois ou três anos, de forma muito hesitante e agora, ano após ano, estão a duplicar ou triplicar o investimento nesta área connosco”, afirma Olivier Soares.

A Hotel Digital Strategy pretende, para este ano, crescer com dois grandes grupos e cerca de 15 hotéis independentes. No entanto, “mais importante que ganhar novos clientes, são os clientes que já estão connosco há vários anos e que continuam a investir. Estamos consolidados, os clientes perceberam as vantagens, estão a ganhar muito dinheiro e continuam a investir cada vez mais”, conclui.

A IMPORTÂNCIA DE SEO

Questionado acerca das principais tendências de marketing digital no presente, Olivier Soares garante que “é impossível para um hoteleiro, mesmo que seja um grande grupo, ter capacidade para estar absolutamente actualizado em todas as valências”, porque este segmento está sempre em constante mudança. No entanto, é o SEO (Search Engine Optimization) que diz ser o factor chave para conseguir um site de hotel direccionado para venda. “Na prática, em média, 70% do tráfego é orgânico e está dependente da qualidade do SEO do nosso site. Essa é a principal prioridade, ter um bom site, visualmente atraente, que venda”, acrescenta. Para Olivier Soares, “não há que ter medo de pôr na primeira página do site “reserve aqui” porque aqui é mais barato. Às vezes temos receio de o fazer mas, quando o cliente chega ao site, é porque quer comprar ou está interessado nisso e temos que o ajudar nesse sentido, caso contrário, o cliente vai comprar noutras plataformas, como é o caso da booking.com, ou na concorrência”.

Outra das grandes tendências  de marketing digital no sector hoteleiro é a presença nas redes sociais e conseguir tirar partido destas. No entanto, para o responsável, existem grupos hoteleiros portugueses com grande presença nas redes sociais “mas não se traduz efectivamente no reencaminhamento do tráfego para o site”. Olivier Soares acrescenta que, “quem quer vender mais e com maior rentabilidade, não se pode ficar só pelas redes sociais. As redes sociais têm sim que ser um acréscimo a outras propriedades, mas primeiro há que definir um site com qualidade, para vender, que seja fácil para um utilizador comprar e que compreenda porque deve comprar no site e não numa OTA”. No caso do mercado em Portugal, indica, “ainda não estamos numa fase em que todos os hotéis já perceberam as vantagens de estar nas redes sociais. Hoje em dia isso é fundamental, para ganhos de notoriedade e tráfego, quando bem feito.”

Os hotéis apresentam diferentes necessidades, afirma o responsável: “Existem hotéis que não estão a proteger a sua marca online e há outros concorrentes que se aproveitam deste facto. Por exemplo, estão a fazer anúncios no Google utilizando a marca destes hotéis para os redireccionar para o seu website e quando se começam a perder 40, 50, 60 mil visitas ao ano e isso traduz-se em vendas perdidas”. Porém, conclui Olivier Soares, “acho que o marketing digital tem que ir mesmo muito mais além do que as redes sociais”.

Olivier-SoaresOlivier Soares
Sales Manager | HDS – Hotel Digital Strategy
olivier@hoteldigitalstrategy.com

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.